sábado, outubro 17, 2009

Adoro escrever para voce

Adoro ler suas cartas, seus mails sensíveis, construindo nossa intimidade dia a dia, criando um espaço onde reconhecemos nossos territórios, mas permitimos uma intersecção, sem medo de estar perdendo a identidade, permitindo-nos compartilhar os mais profundos desejos e medos, e desfazendo-nos deles. Adoro embarcar nas suas viagens filosóficas, musicais e emocionais. Adoro quando voce me ouve com todo seu ser, e me olha com admiração, e olha minhas escuridões com compreensão, e rimos juntos das nossas pequenezes. Adoro estar simplesmente ao seu lado, sem ter que provar que mereço, nem ter que justificar estar ocupando seu tempo. Adoro te receber. Adoro quando voce pede desculpas depois de uma dissonância, sem constrangimento, nem orgulho ferido. Adoro me desculpar, sabendo que é um ritual importante, mesmo sentindo que no fundo voce já liberou o deslize, até de minhas explosões mais dramalhonas. Adoro quando nos olhamos longamente. Adoro meu nome na sua voz. Adoro dizer seu nome degustando cada som que o compõe. Adoro não ter medo, com voce, de me machucar, nem de ser enganada. Adoro me entregar e sentir que estamos na mesma sintonia. Adoro quando voce reluta em desvencilhar-se do meu corpo de manhã, como se fosse dolorido. Adoro saber das tuas aventuras, e me sentir teu porto seguro. Adoro saber que nossas diferenças nos acrescentam, e não dividem. Adoro nossos infinitos enquanto duram. Adoro esperar, me preparar pra tua chegada, como a raposa do Pequeno Príncipe. Adoro quando voce me diz da saudade que sente de mim, e da ansiedade da espera. Adoro nossos planos malucos. Adoro voce olhando e me vendo em mim. Adoro a reciprocidade da nossa ligação. Adoro nosso laço, nossa teia, nossa rede. Adoro chuva, sol, dias nublados. Adoro escrever para voce. Adoro, adoro, adoro.

Anabel

2 comentários: