sexta-feira, março 13, 2009

To carente de intimidade, de intimidades, de bobagens afetuosas, de prosas sem crítica alguma, de rir sobre os delizes, de constância no olhar, de colo dar e ganhar, silêncios a dois... mas tá tudo bem.

Anabel

Um comentário: