quarta-feira, maio 02, 2007


Hoje estou oca de afirmações. Sinto o eco das pequenas transições se avolumar, e ainda estou supresa com a rapidez com que o universo atende ao que lhe é solicitado. E muito grata pelo momento de colheita. Nova semeadura. O que será que vem por aí?

Um comentário: