Bota pra tocar

quarta-feira, janeiro 27, 2010

Um diálogo imperdível do Osho sobre a questão "ser refinado ou natural?", no blog Jardim Florido , da linda Magali. Pra meditar...

Anabel

terça-feira, janeiro 26, 2010

... a graça como encantamento, como epifania, um momento em que o sentimento e a sensação de pertencer a um todo maior transcendem o corriqueiro estado de atenção, o coração sorri com coisas simples, como a observação de uma chuva que chega enquanto ainda brilha o sol e brincamos na areia... a graça de poder compartilhar essa percepção, e sentir que ressoa na cumplicidade... só amigos tem esse privilégio, talvez porque consigam olhar-se como crianças, sem prejulgamentos e pressuposições do que o outro queira dizer. Apenas sentir a graça juntos.

Anabel

terça-feira, janeiro 19, 2010

sem previsão do tempo

Gosto dessas noites com chuva, as várias camadas sonoras da água caindocompondo uma sonata branca.
Pingos e gotas no telhado, no quintal, na telha da garagem, onde formam fios d'água que escorrem para a calçada, o fluxo da água na sarjeta, os roncos de trovões a variadas distâncias, a bica na calha, os pneus dos carros espirrando pastoso em sua passagem, o ruido branco da chuva nas árvores, na rua, na cidade, de vez em quando uma voz colorindo o rítmo contínuo sem fórmulas de compasso...


Anabel

domingo, janeiro 17, 2010

Vírus

José Miguel Wisnik


Matei a fome

Matei a sede

Matei a coisa

Matei o nome



Matei a cobra

O mal da dor

Matei o medo

Matei o amor



Matei o desejo

Fechei questão

Matei a charada

Matei o tesão



Senti o nervo

Fui na raiz

Te vi no espelho

Passei um xis



Um xeque-mate

Me derrubou

Matei num gole

O que restou



Matei a saudade

E ainda assim

Eu sinto teu vírus

Por dentro de mim



O tempo a vontade

E ainda amor

Teu vírus entrou

No meu computador

_______________________________________

Se deixar transcrevo o disco todo! Wisnik é genial!!!!

E acompanha "A Torre" que tirei agora no tarot do personare:

Eliminando o que não serve mais



O arcano XVI emerge como arcano conselheiro para este momento de sua vida, sugerindo que é chegado um importante momento em sua existência: o tempo para romper com tudo aquilo que não lhe serve mais e que você preservava apenas por manutenção de fachadas. Estas coisas que precisam ser eliminadas podem ser (e geralmente são) internas e têm a ver com hábitos, modelos mentais e expectativas falsas. Mas podem ser também relacionamentos falidos, projetos que não dão em nada, ou seja, qualquer coisa que não faz mais nenhum sentido em sua vida e que você talvez não tenha ainda a coragem de eliminar. Todavia, é preciso agir, caso contrário a negatividade se tornará pior. Enfrente com coragem este momento de varredura radical!

Haja coragem, e mais do que largar, manter-me longe dos hábitos e coisas que não rolam mesmo, que é o mais desafiador, pois eu costumo esquecer muito rápido o lado ruim...

Anabel

Laser



Ricardo Breim / Jose Miguel Wisnik



Gota pura


gota gota pura

vindo pela veia do veio



diamante

diamante duro

cortando cristal pelo meio



com um beijo eu acordei

outro beijo me dormiu

depois todo o tempo se seguiu

todo o tempo nos antecedeu

ficou preso e solto por um fio

e esse fio era você e eu



leva leve

pega e leva leve

raio da leveza do laser



eu te firo

e você me fere

como a luz nos fere com seu ser

______________________________________________

...quando não há como rasgar, nem quebrar, despedaçar, nem cortar com lâminas.

Anabel

sábado, janeiro 09, 2010

Eu desejo

Que 2010 seja doce e delicioso como o mel silvestre da Pedra Preta, que em cada momento eu encontre o sentido de realização que olhar a Serra da Mantiqueira lá do alto me traz, e que o encontro com o outro seja amoroso, livre e cristalino como o que sempre lá se dá.

Anabel