quinta-feira, outubro 01, 2009

Agora sinto que não há mais porque temer a queda. Ela é essencial para reconhecer o chão em que piso. Às vezes esqueço que sem ele não há caminho. Não que não doa...

Anabel

Um comentário: