domingo, abril 05, 2009

Acabei com tudo. Escapei com vida...
Só sei que estou mais leve. Sei que sou mulher, me sinto bonita prenha de mim. Um tesão estranho me deixa macia a alma. Um vento novo.

Eu sei que os vícios são difíceis de largar: nos primeiros dias, é aquela euforia, depois é que vem o trabalho da vontade mesmo. Mas só por um dia, e só por mais um dia, e mais um e mais um, e lá se vão anos.
Esquecer, deixar ir o que não dá mais pra sustentar, viver minhas histórias, minha história. Só ser.

Quem é essa Anabel que agora começa? Não sei. Sei que gosto dela.

4 comentários: