Bota pra tocar

quinta-feira, agosto 30, 2007


Com voces Camille Jones!


terça-feira, agosto 21, 2007


Olho sem medo nos teus olhos, agora que já não busco tua aprovação, nem minha segurança. Encontro prazer em ser quem sou, com ou sem você, e já não me importa se amanhã estaremos juntos ou não, quero teu gosto e teu cheiro agora. Amanhã quero cantos de passarinhos, som de crianças brincando, água correndo, silêncios com vento nas folhas das árvores, o sol clareando o quarto de manhã, fruta do quintal, flor no cabelo, cantar, tocar, escrever, tocar, trocar, dormir, sonhar, ir.

Anabel

Foto: Vitórias régias do Pantanal, por Theo Allofs (Alemanha) para "The Wildlife Photographer of the Year Competition organised by the Natural History Museum and BBC Wildlife Magazine"




F

terça-feira, agosto 14, 2007

Narciso e Narciso

Ferreira Gullar

Se Narciso se encontra com Narciso
e um deles finge
que ao outro admira
(para sentir-se admirado),
o outro
pela mesma razão finge também
e ambos acreditam na mentira.

Para Narciso
o olhar do outro, a voz
do outro, o corpo
é sempre o espelho
em que ele a própria imagem mira.
E se o outro é

como ele
outro Narciso,
é espelho contra espelho:
o olhar que mira
reflete o que o admira
num jogo multiplicado em que a mentira
de Narciso a Narciso
inventa o paraíso.

E se amam mentindo
no fingimento que é necessidade
e assim
mais verdadeiro que a verdade.

Mas exige, o amor fingido,
ser sincero
o amor que como ele
é fingimento.
E fingem mais
os dois
com o mesmo esmero
com mais e mais cuidado

- e a mentira se torna desespero.
Assim amam-se agora

se odiando.

O espelho
embaciado,
já Narciso em Narciso não se mira:
se torturam
se ferem
não se largam

que o inferno de Narciso
é ver que o admiravam de mentira.

Imagem: Narciso de Caravaggio
Emprestei do site do Ferreira Gullar

Bolo de Mandioca e Coco

Só pra variar... e adoçar a vida com guloseimas bugras!


Ingredientes:

04 ovos;
02 xícaras(chá)de açúcar;
01 kg de mandioca crua triturada;
01 coco médio triturado;
100 g de margarina derretida;

01 colher(chá)de sal;
1/2 xícara(chá)de leite morno;
01 colher (sopa)de fermento em pó

Preparo:

Bata as claras em neve e adicione as gemas,acrescente o açúcar,a mandioca,o coco misturando levemente,junte a margarina,o sal e o fermento,coloque em forma média untada,asse em forno quente por 30 min.

Fonte: Receita enviada por Jessica - email: jessica@bol.com.br para http://www.iserv.com.br/culinaria

sexta-feira, agosto 10, 2007

Projeto Dança Vocacional

A exemplo do Projeto Teatro Vocacional, que incentiva grupos de dramaturgia existentes em São Paulo, o Projeto Dança Vocacional chega às casas de cultura para expandir as atividades ligadas à dança na cidade. Intérpretes orientadores irão integrar artistas locais e promover encontros para o intercâmbio de experiências. As inscrições estão abertas nas unidades participantes. As atividades têm início no dia 6 de agosto.
Serviço:

Casa de Cultura Cora Coralina
Rua Sant’Ana, 201 - Vila São Pedro
Tel.: 5631-0740

Casa de Cultura M'Boi-Mirim
Av. Inácio Dias da Silva, s/nº - Piraporinha
Tel.: 5514-3408

Casa de Cultura Manoel Cardoso de Mendonça
Praça Francisco Ferreira Lopes, 434 - Santo Amaro
Tel.: 5522-8897

Paço Cultural Júlio Guerra
Praça Floriano Peixoto, 131 - Santo Amaro
Tel.: 5548-1115

Casa de Cultura Butantã
Av. Junta Mizumoto, 13 - Jardim Peri-Peri
Tel.: 3742-6218

Espaço Cultural Tendal da Lapa
Rua Constança, 72. - Lapa Å
Tel.: 3862-1837

Casa de Cultura Chico Science
Rua Abagiba, 20 - Moinho Velho
Tel.: 6969-7066

Casa de Cultura Salvador Ligabue
Largo da Matriz, 215 - Freguesia do Ó
Tel.: 3931-8266

Casa de Cultura Tremembé
Rua Maria Amália Lopes de Azevedo, 190 - Tremembé
Tel.: 6991-4291

Casa de Cultura Itaim Paulista
Rua Barão de Alagoas, 340 - Itaim Paulista
Tel.: 6963-2742

Casa de Cultura Penha
Largo do Rosário, 20, 3º andar -Penha
Tel.: 2296-6172

Casa de Cultura Raul Seixas
R. Murmúrios da Tarde, 211, Parque Raul Seixas – Itaquera
Tel.: 6521-6411

Casa de Cultura São Miguel Paulista
Rua Irineu Bonardi, 169, Vila Pedroso - São Miguel Paulista
Tel.: 6297-9177

Oficina de Percussão Corporal

CORPO (COM) CIÊNCIA


Encontros cujo objetivo é proporcionar novas possibilidades de relação entre o corpo e o meio. As questões sobre o corpo e o movimento serão explorados sob o contexto da ação e do conhecimento que essa ação agrega a cada indivíduo possibilitando uma aprendizagem sobre como lidar com nosso corpo e de que maneira cuidar dele. As vivências teórico-práticas, objetivam desenvolver as potencialidades que nos permitam outra consciência sobre ser e fazer. Tema do mês: Equilibrando Corpo e Mente. O tema propõe uma reflexão sobre possibilidades de lidar com o as mudanças atuais, e com o ritmo com que elas acontecem. Ter uma postura equilibrada frente a esse ritmo, é o nosso desafio.

PERCUSSÃO CORPORAL

A oficina está voltada para a descoberta da musicalidade espontânea de cada pessoa, através da investigação e da exploração dos recursos musicais do corpo (palmas, estalos, batidas de pés, percussão vocal, voz, etc), em atividades de percepção, jogos musicais, e improvisação, proporcionando assim, o resgate da consciência do próprio corpo. A partir de diferentes estímulos sonoros corporais, cada indivíduo contribui, de maneira única e criativa para a harmonização do grupo, integrando- se ao fluxo do movimento e do som.


Orientação de Jamil Giúdice, Músico multi-instrumentista, pesquisador sonoro e construtor de instrumentos musicais não convencionais; e Anabel Andrés, Bailarina, coreógrafa, musicista, arte-educadora e integrante do grupo Vozes Bugras. Ambos integram o Núcleo Orgânico Performático (NOP).
A partir de 15 anos.
Inscrições na Central de Atendimento.
Sala de Múltiplo Uso 1.
R$ 40,00; R$ 30,00 (usuário matriculado). R$ 20,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado e dependentes).
Dias 04/08, 11/08, 18/08, 25/08 Sábados, das 15h30 às 17h.


SESC Santana
Av. Luiz Dumont Vilares, 579 Santana
Fone: (011) 6971-8700

quarta-feira, agosto 08, 2007

Bioenergética, Constelações familiares, Calendário Maia, Calatonia, Terapia Corporal...

Um anjo que apareceu em minha vida já faz algum tempo, e eu ainda não havia comentado aqui: Sandra Lila, que vem me dando suporte emocional e ferramentas, pra me sustentar sobre minhas próprias pernas, com muito carinho, respeito e firmeza.
Bater pernas, gritar os nós da garganta, dizer não, chorar, reconhecer-me mulher, expor minhas fragilidades sem medo de ser desmerecida por não chegar logo a qualquer resultado ou nível de desempenho, rir, enfrentar meus medos, até me tornar dona de meus passos e olhar com gratidão meu caminho - em toda essa jornada de transformação ela tem sido minha companheira e guia.
Meu corpo vibra e reverbera todo esse aprendizado de ser eu mesma, sem aquela velha sensação de estar em dívida. Sou grata, e ser grata é um processo do qual venho me apropriando desde nosso primeiro encontro.
Essa mulher linda me deu ombro e mão e colo quando eu já ia desistindo de mim, e me ajudou a recobrar a confiança. Meu encontro comigo mesma, cada vez mais profundo e rico, traz ecos de sua voz acolhedora cantando "descansa a tua mão cansada sobre a minha, sobre a minha mão, a força do universo não te deixará, o lume das estrelas te alumiará...", meu peito abrindo-se, minha pélve pendulando livre, meus pés enraizando, e uma sensação deliciosa de ser mulher se espalhando por todo meu corpo.
Cada sessão me nutre e revigora, descarrega de ilusões e expectativas falsas, e enche de entusiasmo, ou idéias para a ação, ou no mínimo coragem pra admitir o medo e buscar apoio.
A você, Sandra, imensa gratidão, por me ajudar a reconhecer o meu desejo, e ir em busca da sua realização.

quinta-feira, agosto 02, 2007

Domínio Público - Biblioteca Virtual

Convoco todos a agir para impedirmos um desastre.
Imaginem um lugar onde se pode ler gratuitamente, as obras de Machado de Assis, ou A Divina Comédia, ou ter acesso às melhores historinhas infantis de todos os tempos.Um lugar que lhe mostrasse as grandes pinturas de Leonardo Da Vinci.Onde você pudesse escutar músicas em MP3 de alta qualidade.
Pois esse lugar existe!
O Ministério da Educação disponibiliza tudo isso, basta acessar o site:http://www.dominiopublico.gov.br/
Só de literatura portuguesa são 732 obras!
Estamos em vias de perder tudo isso, pois vão desativar o projeto por desuso, já que o número de acesso é muito pequeno.Vamos tentar reverter esta tragédia, divulgando e incentivando amigos, parentes e conhecidos, a utilizarem essa fantástica ferramenta de disseminação da cultura e do gosto pela leitura.
Divulguem!